NOTÍCIAS

Formação Continuada 11:00, 20 abr 2017 “Desafio é repensar nossas práticas”, diz técnica do GT de Formação do Consed

Foto:

O Conselho Nacional de Secretários de Educação encerrou o segundo encontro do GT de Formação Continuada de Professores, que ocorreu dias 18 e 19 de abril, em Brasília, com uma avaliação positiva dos participantes. “Ele tem usado uma metodologia muito importante para que a gente possa ser desafiada a repensar nossas práticas, nosso trabalho em cada uma das secretarias de educação. O desafio de fazer a formação continuada da nossa rede, na perspectiva da base nacional comum curricular, não é fácil, não é tranquilo, mas a metodologia está ajudando a trazer nossa experiência e nossa prática para um novo olhar, construindo um documento que vai servir de referência para o Brasil todo”, destacou Valéria de Souza, representante da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

Quem explica a metodologia utilizada no GT é o diretor do Instituto Tellus, responsável por facilitar o desenvolvimento das atividades, Germano Guimarães. “Essa metodologia que a gente utiliza, do Design Thinking, tem o objetivo de entender de forma profunda, quem são esses usuários. Quem são esses professores. Quem são essas redes que a gente está atuando. E a partir disso, de forma sistêmica, entender quais são os desafios que as redes tem em relação à formação de professores. Temos um processo de ideação, criação, brainstorm, para saber quais são as possibilidades de ideias e soluções para a implementação da Base”, explicou.                  

Representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a secretária de Educação do município de Rialma (GO), Elaine Araújo, também aprovou a metodologia. “Eu achei muito boa a dinâmica, o método que eles estão usando, e acredito que vão conseguir elaborar um documento importante, para nortear todo o Brasil. Nós estávamos comentando no grupo que está servindo de modelo para levarmos para os nossos estados, para usar essa metodologia na formação dos nossos formadores e professores”, destacou.

Coordenadora do GT, a secretária de Educação do Rio Grande do Norte, Cláudia Santa Rosa, considerou produtivo o encontro. “O GT de Formação Continuada tem um valor imenso para o Consed e para a Undime, que estão juntos nessa empreitada de pensar diretrizes para uma política nacional de Formação. É um ganho para o país poder reunir representantes de todos os estados numa produção que, ao final, não temos dúvidas, será um documento com muito valor. Certamente, cada estado vai olhar e se enxergar no que estará expresso, pois é fruto de uma produção coletiva”, ressaltou a secretária.

Santa Rosa também comentou sobre a participação dos técnicos. “O que tenho acompanhado é que os técnicos percebem na experiência do outro o potencial que ainda têm para avançar no seu estado. Esse movimento, que a própria metodologia do encontro tem cuidado, em agregar, em fazer uma interação entre os grupos, vai proporcionar um documento vivo, resultado dessa produção coletiva”, concluiu.

A secretária de Educação do Mato Grosso do Sul e coordenadora do GT, Cecília Motta, também compartilha da opinião da secretária potiguar. “Foi um encontro produtivo no sentido de que, cada um colocou essas experiências exitosas, mas também colocaram as experiências que fracassaram e o impacto que isso traz na aprendizagem de crianças e jovens. Daqui sai o resultado do que acreditamos que possa ser uma formação continuada adequada, em que o aluno não se evada, não reprove, mas acima de tudo, que ele aprenda. Essas diretrizes foram na verdade pinceladas em cima da realidade, da prática, e não só das questões teóricas”, destacou. 

Para a coordenadora de projetos do Consed, Emília Marinho, a principal contribuição grupo de trabalho é fortalecer o que tem sido desenvolvido de formação continuada nas secretarias estaduais, compartilhar e aperfeiçoar o conhecimento à luz do que é feito em outros locais. “O GT cria essa oportunidade, para que os participantes tenham esse momento de troca, de aprofundamento no conhecimento técnico, para que possam retornar às suas redes mais fortalecidos e imponderados do que faz a diferença. Não estamos apenas trocando práticas, mas já desenhando estratégias melhor definidas para apresentar aos seus secretários e implementar junto das equipes de formação. Essa é a principal contribuição”, explicou.

O GT de Formação Continuada de Professores é realizado pelo Consed, em parceria com o movimento Todos Pela Educação e a Undime. O terceiro e último encontro está previsto para o mês de maio.


Tags: Consed Formação Continuada Portal