NOTÍCIAS

Projeto Bate-papo com os Diretores 14:33, 27 abr 2018 Departamentos da Seduc respondem solicitações do Bate-Papo com os Diretores

Departamentos da Seduc respondem solicitações do Bate-Papo com os Diretores

Diretores analisam cada um dos quase 1,8 mil pedidos feitos pelos gestores de escolas

Mesmo depois de promover o contato de todos os diretores de escolas estaduais com o secretário de Educação Ronald Krummenauer, o Bate-Papo com os Diretores prossegue com os trabalhos. Os principais departamentos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) estão analisando as quase 1,8 mil solicitações obtidas nas conversas com os gestores das instituições de ensino. “Já estamos trabalhando para dar uma resposta às demandas mais recorrentes, mas mesmo as questões pontuais, referentes a uma única escola, não podem ficar sem resposta”, afirmou Krummenauer.

No Departamento de Recursos Humanos, 12 servidores da Seduc estão diretamente envolvidos para analisar as mais de 200 demandas solicitadas pelos diretores. “ A grande maioria nos solicita professores, secretários e outros funcionários. O problema é que muitos nunca haviam feito a solicitação pelo canal adequado, o ISE”, revelou o diretor do departamento, José Adilson Antunes. “Mesmo assim, já conseguimos atender uma parte das solicitações”.

Cerca de 80% das demandas já foram analisadas e devem ser respondidas ainda este mês. As reuniões de Canoas, Guaíba e Porto Alegre, as últimas a ocorrerem, ainda não tiveram suas demandas avaliadas. A maior parte das demandas são respondidas via e-mail e whatsapp– quando preencheram os formulários com suas solicitações, os diretores deixaram seus endereços eletrônicos ou outra forma de contato. “Em alguns casos, estamos ligando para os diretores para dar uma resposta, explicar o porquê das medidas. É uma ótima aproximação”, contou a diretora adjunta do RH, Sonia Schneider.

Em alguns locais, o departamento avaliou que é preciso mais tempo para atender a todas as solicitações dos gestores de escola. Por isso, membros do RH estão repetindo a visita. Uma delas foi em Canoas. “Voltamos a conversar com o pessoal da 27ª CRE, pois havia restado algumas dúvidas. Tenho certeza que esses encontros servirão para agilizar os serviços, inclusive as demandas de falta de profissionais”, avaliou.

Diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Freitas Valle, de Alegrete, Adriana da Silva Gomes participou do Bate-Papo em 12 de março, em Uruguaiana. Em abril, sua escola recebeu professores de Matemática, Geografia e Ciência – estavam na demanda que preencheu na reunião.  “Ainda temos mais demandas, como a necessidade de monitores, mas já é um começo. Esse Bate-Papo deveria ter ocorrido antes, e deveria ocorrer todos os anos”, analisou a diretora.

Opinião parecida tem o gestor escolar Luiz Carlos Silva, que atua do outro lado do Estado. Ele é responsável pela Escola Estadual de Ensino Médio Dirceu Marilio Martins, em Taquara, cidade que recebeu a comitiva da Seduc em 27 de março. Também este mês, após estudar as demandas que ele solicitou, o Departamento de Recursos Humanos encaminhou à escola dois professores de Português e um de Ciências. “Aguardo uma pessoa para atuar na biblioteca, mas a chegada desses professores é muito importante para os alunos. Sobre o evento, espero que ocorra ao menos uma vez por ano. Sou professor há 18 anos, estou como diretor há nove meses e jamais havia tido a chance de falar cara a cara com um secretário de Educação para expor os problemas da escola”.

Projeto Inédito

Inédito no Estado, o Bate-Papo com os Diretores começou dia 1º de março, em Ijuí, quando Krummenauer conversou, um a um, com os 259 diretores de escolas vinculadas às Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) 9 (Cruz Alta), 20, Palmeira das Missões) 36 (Ijuí) e 39 (Carazinho). Diretores da Seduc, dos departamentos Pedagógico, Recursos Humanos, Administrativo, Planejamento, Logística e Cipave, também faziam parte da delegação – o diretor das Coordenadorias Regionais, Carlos Fraga, viajou com o grupo e, posteriormente, ficou responsável por compilar os dados obtidos junto aos gestores das escolas.

Depois de Ijuí, o grupo participou das reuniões em Santa Rosa, Passo Fundo, Caxias do Sul, Uruguaiana, Bagé, Pelotas, Santa Maria, Santa Cruz do Sul, Taquara, Osório, Gravataí, Guaíba, Canoas em Porto Alegre – na Capital, para falar com as 249 escolas, foram marcados três encontros e, depois, um quarto, para contemplar os diretores que não puderam falar com Krummenauer no dia marcado.

“Foi um ótimo aprendizado. Não faz sentido algum haver distanciamento entre a Seduc e as escolas. Temos de estreitar esses laços para poder oferecer a melhor gestão possível aos alunos. Eles são o foco, sempre”, lembrou o secretário.


Tags: RS Projeto Bate-papo com os Diretores seduc rs Projeto Bate Papo