NOTÍCIAS

Roraima 12:39, 8 nov 2019 Coordenadora do Mato Grosso do Sul promove formação para gestores das EMTI na capital e interior de Roraima

Coordenadora do Mato Grosso do Sul promove formação para gestores das EMTI na capital e interior de Roraima

Em Roraima, cinco escolas ofertam o Ensino Médio em Tempo Integral, sendo duas no interior e três na capital, atendendo a 1.446 estudantes

Por: Mágida Azulay Khatab

Fotos: Secom/RR

Depois de passar por Mucajaí, Caracaraí e Rorainópolis, a coordenadora do Programa das Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral do Mato Grosso do Sul, Goreth Siqueira, chega a Boa Vista para a formação das equipes gestoras das escolas da capital.

A formação tem como tema “Protagonismo Juvenil: alinhando a conversa sobre os desafios e perspectivas em Roraima”, voltada para a reflexão sobre o projeto de vida e protagonismo juvenil, temas trabalhado nas EMTI (Escolas de Ensino Médio tem Tempo Integral.

“Além de estar trazendo a experiência do Mato Grosso do Sul, estou levando os professores a refletirem sobre protagonismo juvenil e projeto de vida, uma disciplina que está vindo também com a chegada do Novo Ensino Médio. Estamos refletindo sobre quais são os maiores desafios de Roraima e quais as possíveis soluções”, explicou Goreth Siqueira.

O Estado de Roraima possui cinco escolas dentro do Programa EMTI, sendo três no interior e duas na capital, atendendo a 1.446 alunos. A formação começou na segunda-feira, 04, em Mucajaí, na Escola Estadual Padre José Monticone; na terça-feira, 05, foi realizada em Caracaraí, na Escola Estadual José Vieira de Sales Guerra.

Já na quarta-feira, 06, foi a vez da equipe gestora da Escola José de Alencar, em Rorainópolis, receber a formação; e hoje, 07, ocorre em Boa Vista, no auditório da Apics (Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago) para as Escolas Maria das Dores Brasil e América Sarmento.

Gerúzia Catarina, coordenadora pedagógica da Escola Estadual Maria das Dores Brasil, disse que a formação é uma oportunidade para a troca de experiências e para aprimorar conhecimentos. “As expectativas são enormes com essa troca de experiência. A gente acredita que está no caminho certo, mas nada melhor do que trocar experiências, saber como o outro está fazendo para que a gente possa melhorar”, explicou Gerúzia.

A coordenadora do Programa EMTI em Roraima, Cátia Maria dos Santos Costa, disse que a expertise que a coordenadora do Mato Grosso do Sul trouxe para Roraima é vasta, com as práticas exitosas e demonstrações do que as escolas estão construindo junto com os alunos, a partir do protagonismo juvenil, e que a partir dessas informações, poderão ser feitas algumas adequações locais.

“Essa formação vem ser um divisor de águas para Roraima porque, a partir dessa primeira capacitação para esse modelo de escola, nós vamos poder refletir as nossas práticas. Nós já fazemos muitas coisas, mas agora poderemos fazer adequações para que o protagonismo juvenil possa acontecer de maneira adequada”, explicou Cátia Santos.

A formação em Roraima está sendo coordenada pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto), por meio do DEB (Departamento de Educação Básica) e da DIEMP (Divisão de Ensino Médio e Profissional).

EMTI - As Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral oferecem a ampliação da jornada escolar e a formação integral e integrada do estudante. Para isso o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) fomenta com recursos financeiros para apoiar a implantação de escolas de Ensino Médio Em Tempo Integral pelas Secretarias Estaduais de Educação.

As EMTI estimulam o protagonismo juvenil, o empreendedorismo, a pesquisa científica e o Projeto de Vida que proporcionam ao estudante construir o seu próprio conhecimento. O Projeto de Vida também está relacionado com os talentos e vontades dos estudantes.

Por meio dele, o aluno poderá refletir sobre os seus desejos e objetivos, conhecer e valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais, e apropriar-se de conhecimentos e experiências e, a partir daí, poderá fazer escolhas alinhadas aos seus interesses.

Neste modelo de escola, os alunos desenvolvem ações educativas por meio de uma Matriz Curricular Diferenciada e Flexível que contempla as disciplinas da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), como Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química, entre outras, além dos Itinerários Formativos.

Nos Itinerários Formativos, os alunos têm a oportunidade de escolher caminhos de aprofundamento do que desejam realmente estudar. Esse aprofundamento poderá ser por meio de áreas do conhecimento ou por formações técnicas profissionais.

MAIS INVESTIMENTO - Nesta quarta-feira, 06, o Ministério da Educação anunciou o investimento de R$ 80 milhões para a ampliação da oferta de tempo integral no Ensino Médio, o que representa a possibilidade de ampliação de 500 escolas em todo o Brasil e a oferta de 40 mil novas vagas.


Tags: Roraima RR