NOTÍCIAS

Ensino Médio em Tempo Integral 09:39, 18 jun 2019 Com planejamento para novas escolas integrais em MS, professora Cecilia recebe técnicos do Instituto Sonho Grande

Com planejamento para novas escolas integrais em MS, professora Cecilia recebe técnicos do Instituto Sonho Grande

Presidente do Consed, a titular da SED/MS tratou de questões relativas ao crescimento do número de escolas que ofertam o Ensino Médio em Tempo Integral no Estado.

Campo Grande (MS) – O trabalho para promover avanços na oferta do Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI), na Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul (REE/MS), segue em desenvolvimento neste ano de 2019. Para tratar do assunto, na tarde desta segunda-feira (17.06), a secretária de Estado de Educação e presidente do Consed, professora Cecilia Motta, recebeu a equipe técnica do Instituto Sonho Grande, responsável por um estudo de implementação da modalidade em outras escolas, em 2020.

No Estado, o EMTI recebeu o nome de “Programa Escola da Autoria” e, desde o início da atual gestão da SED foram quatro anos de estudos, análises e implementação da modalidade. “O reflexo desse trabalho pode ser observado nos números. Em 2019 chegamos ao total de 27 escolas, espalhadas por 16 municípios em MS. Para os próximos meses, a ideia é seguir com esse modelo para outras unidades e levar o Ensino Integral para todas as regiões do Estado”, salientou Cecilia.

Com as primeiras implementações concluídas em 2017, o número de escolas chegou a 16 no início de 2018, com 11 escolas na capital e cinco localizadas em municípios do interior do Estado. No final do mesmo ano, a pasta finalizava um profundo estudo de avanço para outras cidades, que resultaria na adesão de 11 novas escolas ao EMTI.

No início de 2019, o total de municípios que passaram a contar com a oferta do Ensino Médio em Tempo Integral chegou a 15, somente no interior do Estado. Em Campo Grande, o número de escolas passou para 12. Para 2020, a proposta é que o número de escolas siga na mesma proporção de crescimento dos anos anteriores.

Com 362 unidades de ensino que fazem parte da Rede Estadual, responsáveis pelo atendimento direto à mais de 234 mil estudantes, em todas as etapas da educação básica e projetos educacionais, a ideia da pasta é ampliar – de forma significativa – o percentual de escolas que ofertam o EMTI. Nos últimos anos, o crescimento se refletiu no quantitativo de alunos matriculados: se o total chegava em 4.5 mil adolescentes em 2018, o número quase dobrou em menos de 12 meses, chegando aos mais de 7.5 mil neste primeiro semestre de 2019.


Tags: Mato Grosso do Sul MS Ensino Médio em Tempo Integral