NOTÍCIAS

Educação 15:37, 18 jul 2019 Colégio Caldas Júnior alia sustentabilidade e inovação em projeto de empreendedorismo

Colégio Caldas Júnior alia sustentabilidade e inovação em projeto de empreendedorismo

Trabalho feito em parceria com a Junior Achievement contou com o apoio da comunidade escolar

Com o objetivo de estimular o empreendedorismo e preparar os jovens para o mercado de trabalho, o Colégio Estadual Antônio Vieira Caldas Júnior, na Capital, participou do projeto Miniempresa, da Junior Achievement, no primeiro semestre do ano, e desenvolveu um produto diferenciado: um Porta Fone de Ouvido sustentável. Elaborado artesanalmente com caixas de leite e feltros costurados à mão, os estudantes do 2º ano do Ensino Médio apostaram na inovação e no combate à poluição para mobilizar a comunidade escolar.

A diretora da instituição de ensino, Aline Estivalet, conta que os adolescentes aprenderam conceitos de produção, gestão, jornada de trabalho e divulgação. “Além de produzir com concepções ecológicas, eles tiveram a oportunidade de entender todas as etapas do funcionamento de uma empresa. Da criação até a venda”, explica.

Conforme Alexandro Conceição, um dos alunos do 2º ano do Ensino Médio que participou do projeto, apesar do tema ser livre, a turma escolheu fazer algo que fosse útil e ao mesmo tempo não agredisse o meio ambiente. “A proposta foi auxiliar no recolhimento de lixo e fazer com que os moradores da região não descartassem a caixinha de leite. Isso nos ajudou na fabricação e auxiliou no processo de reciclagem”, destaca.

O projeto pode ser compartilhado em uma página no Instagram criada pelos estudantes, o @cashews.ae.

Versatilidade

O Porta Fones de Ouvido pode ser usado também como chaveiro, na mochila ou no bolso, e como Porta Carregador de Celular.

Formatura

 O projeto, batizado de Cashew S.A\E, que significa “Caju” em português, um dos apelidos carinhosos da escola, será concluído com uma formatura no dia 8 de agosto na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS). Na ocasião, o Colégio, que concorre com escolas particulares, poderá receber uma premiação pela iniciativa. No ano de 2014, o estabelecimento foi contemplado como melhor projeto Miniempresa do Rio Grande do Sul, e os alunos ganharam uma viagem para Brasília.


Tags: Educação RS Sustentabilidade Empreendedorismo