NOTÍCIAS

Piaui 15:22, 15 set 2017 CEEP Leonardo das Dores participa de Olimpíada de Robótica

136 mil estudantes de Goiás farão provas do Saego 136 mil estudantes de Goiás farão provas do Saego 136 mil estudantes de Goiás farão provas do Saego 136 mil estudantes de Goiás farão provas do Saego
Foto: Divulgação

Os estudantes estão competindo nas modalidades teóricas e práticas

Os alunos do Centro Estadual de Educação Profissional - CEEP Leonardo das Dores, no município de Esperantina, estão participando da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que acontece até sábado (16), na cidade de Parnaíba. Os estudantes estão competindo nas modalidades teóricas e práticas, com protótipo construído e programado por eles, sob a orientação do Professor Davisson Francisco.

Na modalidade teórica participaram 21 alunos dos cursos de Desenvolvimento de Sistemas, Informática, Manutenção e Suporte de Computadores e Manutenção Automotiva. As etapas foram realizadas com prova escrita sob a temática robótica e resultaram em medalhas para o primeiro (ouro), segundo (prata) e terceiro (bronze) colocados, e a escola receberá uma medalha por participar da edição.

Na modalidade prática a equipe do CEEP Leonardo das Dores, ROBOTIC-X, é formada pelos alunos Laércio Carvalho Castro; Marcos Vinicius Rodrigues Assunção; Michael Santos Pereira e Paulo Henrique Duarte Santos, sob a orientação dos  Professores, Elisaldete de Carvalho Barros Taquary; Paulo Afonso Mesquita; Francisco De Paula Alves dos Santos; Elzi Almeida; Edilene Fontineles Oliveira e Ana Joaquina Teles e coordenados pelo professor Davisson Francisco Teixeira Morais.

De acordo com o aluno Laércio Carvalho Castro,  o projeto está contribuindo para a aprendizagem de toda equipe. "Agora compreendemos a relação homem-máquina, e principalmente no que diz respeito à linguagem e programação. Quando estamos estudando nas aulas tradicionais estes conceitos não são tão claros. Melhoramos muito nosso raciocínio lógico, e está impulsionando a pesquisa, porque os programas são em inglês e assim faz a gente buscar outras fontes de estudos, como a internet, e discutir com o nosso professor e isso tem contribuído bastante para melhorar a nossa escrita e pronúncia da língua inglesa", frisou ele.

Já o aluno Michael Santos Pereira, afirmou que o trabalho em equipe é muito importante.  "Não tínhamos um conhecimento prático sobre liderança, atitude e proatividade e com o projeto estamos desenvolvendo o respeito, a motivação, a boa convivência e já melhorou muito nossas perspectivas para o futuro, porque temos um sonho com esse projeto piloto, levar o conhecimento adquirido à outros alunos. E quem sabe, no ano que vem, a nossa escola já possa ser uma das sedes das olimpíadas brasileira de robótica e nós estarmos à frente da organização, isso é o que queremos e vamos lutar", comentou Michael Santos.

O Coordenador, Davisson Francisco Teixeira, enfatizou que a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) é uma das competições que mais estimula os jovens às carreiras científico-tecnológicas, além de revelar jovens talentosos.

"Estamos utilizando a robótica como recurso pedagógico para deixar as aulas do CEEP Leonardo das Dores mais dinâmica e eficiente, desenvolvendo nos alunos, a autonomia do conhecimento, o pensamento crítico, colaborativo, possibilitando que eles sejam coautores dos saberes, a fim de ampliar o processo de ensino-aprendizagem, a partir de diversas habilidades, de modo sistêmico, contemplando as diferentes áreas do conhecimento, de forma interdisciplinar", explicou ele.


Tags: PI Piaui Nordeste robótica