NOTÍCIAS

Gestão da Educação 19:38, 7 mai 2015 Capacitação orienta profissionais dos Centro de Atendimentos Socioeducativos

Formação profissionais Case 1 Formação profissionais do Case 2 Formação profissionais Case 3
Foto:

Ação faz parte de formação continuada desenvolvida pela Secretaria Estadual de Educação de Pernambuco, com o apoio da Funase

A Gerência de Políticas Educacionais em Direitos Humanos e Cidadania, ligada à Secretaria de Educação do Estado, e a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) finalizaram, nesta quinta-feira (07), uma formação voltada para os professores e coordenadores dos dez Centros de Atendimento Socioeducativos (Cases) existentes na Região Metropolitana do Recife (RMR) e em Garanhuns, Caruaru, Arcoverde e Petrolina. A capacitação, que aconteceu durante os dias 06 e 07, foi realizada no Centro de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, localizada do Recife, e contou com a participação de 120 profissionais de educação.

Segundo a secretária executiva de Desenvolvimento da Educação, Ana Selva, o objetivo pedagógico da ação é reintegrar à sociedade os jovens que, atualmente, encontram-se privados de liberdade. “A proposta pedagógica dos Cases é viva e dialoga com a proposta pedagógica da própria Rede Estadual de Educação”, explicou, ressaltando que a ideia é que exista uma continuidade no percurso escolar com especificidades para atender a realidade dos Cases.

“O trabalho desenvolvido nos Cases é efetivo na área de educação. Um pilar fundamental para dar outro significado para a vida daquele jovem”, disse Ana ao destacar que foram muitos os avanços alcançados. “Avançamos, por exemplo, no tempo integral dos professores que estão lotados nos Cases em tempo integral, criando, com isso, uma perspectiva de ampliação das oportunidades educacionais dos jovens que estão no atendimento socioeducativo. Mas ainda temos muitos desafios porque são diferentes realidades”, avaliou Ana. Também participou da atividade a gerente geral de Políticas Educacionais de Educação Inclusiva, Direitos Humanos e Cidadania, Vera Braga.

Durante a capacitação foram discutidos e aprofundados temas solicitados pelos próprios estudantes. Entre eles: sexualidade e gênero, uso do álcool e outras drogas e educação para as relações étnico-raciais. A professora de Educação Física do Case de Jaboatão dos Guararapes, Patrícia Silva, destacou a importância das capacitações continuadas. “É uma oportunidade para trocar experiência, uma vez que cada unidade tem suas peculiaridades. Além disso, não deixa de ser um espaço para que a gente socialize projetos que poderão ser vivenciados nas unidades de ensino”, destacou a docente.

CASE EM NÚMEROS – Pernambuco possui o total de dez Centros de Atendimento Socioeducativos, formado por cerca de 100 professores e mais de 800 alunos matriculados. Os Cases funcionam dentro das unidades da Funase e são considerados anexos de algumas escolas da Rede Estadual, como é o caso da Case Jaboatão dos Guararapes, que funciona como anexo a Escola Estadual Frei Jaboatão. Os estudantes do Case acompanham as aulas na unidade de ensino sendo, assim, reintegrado a sociedade.

Tags: Gestão da Educação PE