NOTÍCIAS

Amapá 09:01, 4 mai 2020 Aulas presenciais na rede estadual de ensino seguem suspensas até 31 de maio

Aulas presenciais na rede estadual de ensino seguem suspensas até 31 de maio

Decreto nº 1.614/2020 prorroga suspensão das aulas presenciais nas escolas estaduais e particulares do Amapá.

O Governo do Estado do Amapá prorrogou até o dia 31 de maio a suspensão das aulas presenciais nas escolas da rede estadual de ensino. O decreto nº 1.614, de 1º de maio de 2020, inclui ainda os estabelecimentos educacionais da rede privada. A medida é em razão da continuidade do combate do Covid-19, em todo território estadual.

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) vem trabalhado com oferta de atividades pedagógicas não presenciais para a rede estadual de ensino.  As plataformas digitais como a Sala Virtual do Sistema de Gestão da Educação (SigEduc), Escola Digital e o Ava/Seed, além do canal no YouTube com aulas gravadas e ao vivo, são algumas das ferramentas disponibilizadas para continuidade do ensino, desde o início da suspensão das aulas presenciais, em 18 de março.

As escolas seguem com suas estratégias de ensino remoto com os estudantes. O uso de ferramentas tecnológicas têm se mostrado eficiente. Os alunos que não contam com acesso à internet, por exemplo, têm recebido auxílio dos professores por meio de cadernos de atividades.

A partir da próxima semana, o Programa Criança Alfabetizada irá disponibilizar proposta de rotina pedagógica para a educação infantil e ensino fundamental. Os materiais serão disponibilizados para as escolas das redes municipais e estaduais atendidas pelo programa em regime de colaboração.

Os estudantes do ensino médio que irão prestar o Exame Nacional do Ensino Médio em 2020, contam com apoio das videoaulas da Central do Enem, no canal do YouTube. As videoaulas são publicadas pelas manhãs, de segunda a sexta. Muitas escolas também utilizam a Sala de Aula do Google, ferramenta digital, para realizar aulões virtuais.

A oferta de atividades pedagógicas não presenciais busca minimizar os impactos da suspensão das aulas presenciais, bem como garantir os direitos e objetivos de aprendizagem dos estudantes.


Tags: Amapá AP aulas