NOTÍCIAS

Plano de Educação 14:58, 14 ago 2020 Aula Paraná atende 97% dos estudantes, acima da média do Brasil

Aula Paraná atende 97% dos estudantes, acima da média do Brasil

A mais recente edição da pesquisa “Educação não presencial na perspectiva dos estudantes e suas famílias”, do Instituto Datafolha, aponta que o Aula Paraná, sistema de aulas não presenciais do Estado, alcança 97% dos estudantes. No Brasil o índice é de apenas 79%, enquanto na região Sul, a média sobe para 93%.

Os números Deste último levantamento do Datafolha colocam novamente o Paraná entre as melhores soluções de aulas durante o período de pandemia, comprovando também os dados apontados pelo Business Intelligence, sistema próprio de monitoramento da plataforma, que indicam uma alta adesão dos alunos e professores.

A pesquisa aponta que a participação dos 97% dos estudantes se deve a grande variedade de soluções criadas pelo Governo do Paraná para o enfrentamento dos desafios da pandemia. São diversos os meios disponibilizados para que alunos possam acompanhar os conteúdos.

O sistema conta com três canais digitais de tevê aberta, aplicativo de celular com internet gratuita, canal Aula Paraná no Youtube, salas virtuais do Google Classroom e materiais impressos. Esse conjunto fez com que o acesso às aulas remotas seja amplo.

Renato Feder, secretário estadual da Educação e do Esporte, destaca que a rapidez com que o Governo do Paraná colocou no ar uma solução completa e abrangente como o Aula Paraná foi um dos diferenciais, e  que isso garantiu a alta adesão à solução de ensino durante a pandemia.

“Esse tempo curto fez com que os alunos do Paraná não quebrassem o vínculo com a escola. Foram apenas 15 dias desde o fechamento até as primeiras aulas remotas. Isso fez com que os alunos não perdessem o ritmo, a motivação, pois o sistema garantiu a continuidade do ano letivo”, destacou.

Feder lembra que em pouco tempo no ar, o Aula Paraná já tinha mais de 90% dos alunos e professores engajados. “Números que foram apontados não só pelo monitoramento interno, mas também por diferentes pesquisas e levantamentos nacionais”, informa ele.

TEMPO DEDICADO – Outro destaque positivo do modelo adotado Paraná, conforme aponta a pesquisa do Datafolha, é o tempo dedicado pelos estudantes paranaenses para as aulas remotas, que ficou bem acima da média nacional.

A parcela dos alunos que dedicam mais de 3 horas para os estudos durante a pandemia é de 44% nos anos finais do Ensino Fundamental.

No ensino médio, o índice é de 39%. No País, a taxa ficou em 29%. Se somado aos estudantes que passam mais de 2 horas em atividade, os dados alcançam 68% nos anos finais e 65% no Ensino Médio.

Para Renato Feder, essa pesquisa comprova que o bom trabalho que vem sendo feito pelo Paraná se destaca não apenas no alcance das aulas, mas na qualidade. “Temos observado desde o início do Aula Paraná que a qualidade do ensino entregue é alta e esse é um dos principais motivos da grande adesão”, destacou.

“Os nossos estudantes estão de fato aprendendo durante este período”, sustenta o secretário estadual da Educação. “Eles entram no Aula Paraná e dedicam quase o mesmo tempo que dedicavam nas aulas presenciais e isso tem garantindo nossos bons resultados na aprendizagem”, completou.

APROVEITAMENTO - Essa intensa dedicação dos estudantes faz com que o aproveitamento dos conteúdos e das atividades também seja positivo. Semanalmente, segundo o acompanhamento realizado, mais de 10 milhões de atividades são respondidas pelos estudantes dentro do Google Classroom.

Os índices de acerto variam de 77% a 80% revela o secretário. “Os acertos são mais um bom indicativo de que o processo de ensino e aprendizagem no Paraná segue ocorrendo mesmo em meio a pandemia”, finalizou Feder.

BOX 1

Celular é a principal plataforma de acesso

Segundo a pesquisa do Instituto Datafolha, 90% dos estudantes do Ensino Médio e 87% dos alunos dos anos finais do Ensino Fundamental do Paraná fazem as atividades e acompanham as videoaulas pelo celular.

No Estado, o celular foi uma das principais soluções encontradas para o enfrentamento da pandemia. Para isso foi desenvolvido um aplicativo que funciona tanto em aparelhos Android quanto em iOS e ofertado um pacote de internet (3G e 4G) gratuito.

O app Aula Paraná passa dos 930 mil downloads e por ele os estudantes podem acompanhar videoaulas, acessar as salas virtuais, fazer atividades e interagir com seus colegas e professores pelo chat ou por Meet (chamadas de vídeo no Classroom).

O computador, que garante acesso ao canal Aula Paraná no Youtube e às salas virtuais do Classroom, também tem altos índices de uso pelos alunos. De acordo com o Datafolha, 82% dos estudantes do Ensino Médio e 74% dos estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental também usam o computador para acompanhar as aulas remotas.

No canal do Youtube, além das transmissões ao vivo no mesmo horário da TV, os alunos podem rever as mais de 2.900 aulas que já foram transmitidas.

Os três canais digitais de TV aberta do Aula Paraná também são usados por 59% dos estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental e 45% do Ensino Médio, segundo a pesquisa, número bem acima da média nacional de apenas 17%.


Tags: Plano de Educação PR