NOTÍCIAS

Pernambuco 16:21, 5 abr 2018 Aula de literatura aplicada em forma de análise musical

Foto:

Assim foi a aula da professora Prazeres Lima, que aplicou o método da literomusical para dinamizar suas aulas

Trabalhar literatura de forma diferenciada. Foi assim que a professora Prazeres Lima, da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Dom Malan, localizada em Petrolina, no Sertão do Estado, realizou sua aula de literatura com os estudantes do 1º ano. Na ocasião, a professora trabalhou o poema “José”, de Carlos Drummond de Andrade, e criou memes junto com os estudantes com a frase “E agora, José?”.

O objetivo principal dessa forma de trabalho é, além de levar mais leveza para as aulas, fazer com que os estudantes entendam que obra literária vai além do texto e da proposta do livro didático, que pode ser representado em forma de espetáculo, declamações e música. As aulas trabalham os conceitos de literatura e literomusical a partir da vivência efetiva com textos literários, ampliando a visão de mundo dos estudantes.

Analisando o poema, musicalizado na voz de Paulo Diniz, os estudantes tiveram conhecimento sobre o período de sua criação, publicado originalmente em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial, na coletânea Poesias. Hoje, através do texto, é possível fazer uma análise histórica da época e compará-la com os dias atuais. Os estudantes relataram também experiências com a frase trabalhando comunicação digital através do gênero “memes”.

Para o estudante Gustavo Ferreira, a aula foi divertida. “Analisar o poema José de várias formas foi bastante interessante, aprendemos a identificar as variações linguísticas, tanto no texto quanto na música, e depois produzimos memes com a frase “E agora, José?”. Assim foi mais fácil entender o seu significado”. Já para Karine Carvalho, a dinâmica da aula foi uma surpresa. “O método utilizado pela professora para trabalhar a literatura foi muito interessante, não é só ler uma história, é interpretá-la de várias formas. E descobrir o poema na música foi muito legal, nos ajudou a entender melhor o que o autor queria passar”, declara.

As aulas trabalham com os quatro eixos que correspondem à área de linguagem: a leitura, o letramento literário, a oralidade e a escrita. “Quando lancei a proposta desta atividade, não imaginei que eles se envolveriam tanto. Hoje, percebo que eles compreenderam que poemas podem ser musicalizados ou transformados em outras artes e vice-versa. Com relação aos memes, até outros colegas professores gostaram da proposta e começaram a produzi-los em suas aulas”, diz Prazeres.

*Memes produzidos pelos estudantes

Tags: Pernambuco PE Rede Pública Estadual literatura Memes Educação Pernambuco