NOTÍCIAS

Amapá 13:10, 1 ago 2018 Amapá começa a discutir Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio

Amapá começa a discutir Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio

Secretaria de Estado da Educação encabeça mobilização para elaborar documento que norteará o que deve ser ensinado nas escolas.

Por Paula Monteiro

O Estado do Amapá realizou, nessa terça-feira, 31, a primeira reunião para discutir a construção da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio. O encontro, realizado no Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima, em Macapá, reuniu a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, bem como gerentes, coordenadores e técnicos da pasta, além de representantes do Conselho Estadual de Educação (CEE/AP), para orientações gerais sobre o “Dia D” nas escolas do Estado.

A BNCC norteia as redes de ensino (públicas e particulares) como referência nacional comum e obrigatória para a elaboração dos seus currículos e propostas pedagógicas, promovendo a elevação da qualidade do ensino com equidade e preservando a autonomia dos entes federados e as particularidades regionais e locais.

No Amapá, o Dia D de discussões acerca do tema ocorrerá em 6 de agosto. Todas as escolas de ensino médio, públicas e privadas de todo o país, serão mobilizadas para discutir a construção da BNCC. A ideia é fazer com que os professores do ensino médio conheçam o documento e façam suas devidas contribuições. O processo de construção da Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio teve início em abril deste ano.

O Dia D está sendo organizado pelo Ministério da Educação, Conselho Nacional de Educação (CNE) e pelo Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed). A recomendação do Consed é que as escolas se organizem por áreas de conhecimento para fazer as discussões.

Todas as contribuições serão tabuladas e encaminhadas ao Conselho Nacional de Educação, que as enviarão ao MEC. O ministério, então, fará a homologação para que a base se torne norma nacional.


Tags: Amapá AP BNCC Dia D da BNCC Macapá implementação da BNCC no Amapá