NOTÍCIAS

Dia do Estudante 00:13, 11 ago 2020 Alunos do Amapá ressaltam a importância da educação na construção da sociedade

"A educação é a única esperança de muita gente, o único caminho para mudar muitas realidades", disse Juliane Pimentel "O papel do estudante é fazer a diferença e transmitir a outros jovens o conhecimento e o desejo de mudança", comentou Paulo Lima.
Foto: Arquivo Pessoal

Alunos são das escolas estaduais Alberto Santos Dumont e Esther da Silva Virgolino. Segundo eles, o país necessita de mais educação e os estudantes têm papel essencial nessa construção.

Por Valdeí Balieiro 

Comemorado todo dia 11 de agosto, o Dia do Estudante é uma data que busca homenagear pessoas que valorizam o conhecimento e o crescimento pessoal. Pensando nisso, estudantes da rede estadual de ensino opinam sobre a importância da educação e do papel de formação que a instituição escolar tem na vida dos jovens e na sociedade.

Para muitos, a impressão é que todo dia é dia do estudante. Ainda que haja períodos de férias, estudar passa por acordar cedo todos os dias, fazer as tarefas de casa, rever as lições, estudar para a prova, entre outras coisas.

De acordo com Juliane Pimentel, 17 anos, aluna da escola Estadual Professora Esther da Silva Virgolino, localizada na zona norte de Macapá, o olhar de que todo dia é dia do estudante vai muito além da sala de aula.

“O papel do estudante também é levar esses aprendizados adquiridos em sala de aula para fora da escola. Se você tem a oportunidade de estar na escola, de aprender, isso é um progresso que faz algumas portas se abrirem. Quanto mais você puder investir em projetos e causas que possam fazê-lo contribuir através da educação, é benéfico não só para quem ajuda, mas para cumpre esse papel”, disse a estudante.

Ainda segundo Juliane, o estudante deve se interessar por assuntos relacionados à política nacional, meio ambiente, causas e bandeiras que defendam interesses sociais.

“É importante que estejamos cientes das coisas que acontecem no nosso país. Se uma grande parcela da população fecha os olhos pra isso, como a gente vai conseguir que esses problemas diminuam? que causas sociais serão ganhas? Além disso, sabendo o que ocorre no país, teremos mais discernimento quando formos votar, já que saberemos o que o país precisa. Ser uma pessoa informada só nos beneficia”, concluiu a estudante.

Aluno da escola Estadual Alberto Santos Dumont, localizada no município de Santana, Paulo César Lima, de 18 anos, acredita que a educação no país é um importante fator de influência aos jovens.

“A educação no país é um fator decisivo para o futuro dos jovens. Temos visto, atualmente, o quão ela é importante, pois a partir disso é que fazemos a diferença no próprio bairro, na comunidade, no país e até mesmo no mundo. Isso através da força de vontade e do desejo de mudança que só a educação transmite”, pontuou o estudante Paulo Lima.

O estudante lembra ainda que os alunos devem conhecer seus direitos para que não deixem de exercer seu papel na constante mudança que o país passa.

“O Brasil é um país democrático e é importante que os jovens conheçam seus direitos e deveres para que assim pratiquem a mudança. O papel do estudante é fazer a diferença e transmitir a outros jovens esse desejo. ‘Não se opina no que não se tem conhecimento, porém se critica’, já é hora de sair do ‘mito da caverna’, dito por Platão”, finalizou Paulo César.


Tags: Amapá Educação AP Cidadania Dia do Estudante Sociedade