NOTÍCIAS

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais 16:30, 5 set 2019 Alunos de escolas estaduais participam dos Concertos Didáticos da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Alunos de escolas estaduais participam dos Concertos Didáticos da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Apresentação da orquestra também contou com a presença do vice-governador Paulo Brant e da secretária de Educação Julia Sant’Anna

Cerca de 2.400 alunos dos ensinos fundamental e médio de 59 escolas estaduais de Belo Horizonte e região metropolitana participaram, ao longo desta semana, dos Concertos Didáticos da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, na Sala Minas Gerais. A apresentação da orquestra na tarde da última quarta-feira (4/9) contou com a presença do vice-governador Paulo Brant e da secretária de estado de Educação, Julia Sant’Anna, entre outras autoridades.

Por meio de parceria entre a Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG) e o Instituto Cultural Filarmônica (ICF), a ação pretende proporcionar às crianças e jovens estudantes a oportunidade de assistir a uma apresentação de uma orquestra, conhecer e apreciar a música clássica em uma sala especialmente projetada para concertos sinfônicos.

O vice-governador Paulo Brant e a secretária de estado de Educação, Julia Sant’Anna, participaram do evento. Foto: Marco Evangelista

O vice-governador destacou que essa iniciativa é uma grande experiência para formar pessoas. “É muito bacana ver a reação espontânea dos estudantes durante a apresentação. Muitos estão tendo a oportunidade de ter contato pela primeira vez com uma orquestra e isso também faz parte da educação. Nada melhor que a música, que é a arte das artes, para formar pessoas. Tenho a certeza que cada uma dessas crianças está saindo daqui transformada”, comentou Paulo Brant.

Para a secretária Julia Sant’Anna, os Concertos Didáticos também são uma forma de colaborar no aprendizado dos estudantes. “Foi emocionante ver como as crianças ficaram empolgadas com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. A música e a arte em geral são elementos essenciais para a formação do ser humano e por isso valorizamos iniciativas como essa”.

A supervisora Maria Betânia da Silva, da Escola Estadual Jalmir Lopes Dias, em Ribeirão das Neves, contou que esta foi a primeira vez que os alunos entraram em uma sala de concerto. “Estamos como quem sonha. Porque nós sabemos que através deste projeto e ao assistirem ao concerto possivelmente vão surgir muitos músicos. Estes alunos vão crescer desempenhando um papel na cultura e na arte e espero que muitos sigam adiante”.

Os alunos do 5º ano da Escola Estadual Jalmir Lopes Dias, Alicia Ataíde e Gustavo Ribeiro, chegaram à Sala Minas Gerais com uma enorme expectativa e não conseguiram controlar a ansiedade para participar do programa. “Eu achei muito interessante e bonito as expressões dos músicos e de como cada gesto é importante para passar a emoção das melodias”, comentou Alícia. Para o Gustavo, a oportunidade foi um grande aprendizado. “Eu gostei muito do repertorio, que contou um pouco da história da música clássica pelo mundo e é muito interessante ver como é o trabalho do regente e como os músicos obedecem ao seu comando”, destacou o estudante.

Alunos da Escola Estadual Jalmir Lopes Dias, em Ribeirão das Neves, participaram dos Concertos Didáticos. Foto: Eric Abreu

A programação foi pensada especialmente para apresentar o universo da orquestra para as crianças e jovens estudantes. Nas apresentações, os alunos ouviram as obras As bodas de Fígaro, K. 492: Abertura, de Mozart; Capricho Espanhol, op. 34, de Rimsky-Korsakov;Danças Folclóricas Romenas, de Bartók; e Orfeu no inferno: Cancã, de Offenbach. Ao longo do concerto, o maestro Marcos Arakaki explica sobre as obras, os compositores e a orquestra.

Além dos alunos da rede estadual, os Concertos Didáticos receberam estudantes de outras redes de ensino, de associações e instituições sociais da cidade. Ao todo, mais de 7 mil crianças e jovens participaram da iniciativa ao longo de três dias de apresentações, que iniciaram na última segunda-feira (2/9).

O maestro Marcos Arakaki recebeu O vice-governador, a secretária de estado de Educação e as autoridades presentes.  Foto: Marco Evangelista

O maestro Marcos Arakaki recebeu O vice-governador, a secretária de estado de Educação e as autoridades presentes. Foto: Marco Evangelista

Datas das apresentações

O primeiro grupo com alunos de 29 escolas da rede estadual assistiu aos concertos na terça-feira (3/9). Na quarta foi a vez de do segundo grupo de 30 escolas. Cada unidade escolar levou cerca de 40 alunos para assistir as apresentações.

A Filarmônica também promoveu, na última segunda-feira (2/9), uma apresentação noturna para os alunos da Educação de Jovens e Adultos de outras redes de ensino que não puderam comparecer durante o dia.

De acordo com a Filarmônica de Minas Gerais, de 2008, ano da criação da orquestra, até 2018, 48.717 mil estudantes de diferentes redes de ensino participaram dos Concertos Didáticos. Nos últimos quatro anos, cerca de 12 mil alunos da rede estadual estiveram presentes na iniciativa.

Visitas nas escolas

Antes da apresentação da orquestra, as escolas recebem visitas de monitores da Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). Na atividade preparatória para assistir ao concerto, os estudantes participam de uma ação educacional sobre música e orquestra. Os alunos têm contato com alguns instrumentos musicais e aprendem sobre a composição da orquestra, por exemplo. Os monitores são orientados pelo maestro Marcos Arakaki.


Tags: MG Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais seemg Concertos Didáticos