NOTÍCIAS

Paraíba 17:00, 26 jun 2018 Alunos de Escola Cidadã Integral de João Pessoa desenvolvem projeto de produção de móveis sustentáveis

Alunos de Escola Cidadã Integral de João Pessoa desenvolvem projeto de produção de móveis sustentáveis

“Use & abuse”. Este é o nome da disciplina eletiva criada pela professora de Biologia, Roseane de Lima Silva, na Escola Cidadã Integral Escritor Horácio de Almeida, localizada no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa. Por meio da disciplina, os alunos transformaram uma área da escola com suas próprias mãos, descobrindo a importância da reutilização dos materiais, da preservação do meio ambiente e do protagonismo juvenil.

“Na nossa escola os alunos estudam em tempo integral, por isso surgiu a necessidade de uma área para conversar, descansar e relaxar. Entre uma conversa e outra elaborei a disciplina eletiva e batizei como ‘Use & Abuse’, pois nela os estudantes iriam usar e abusar da sua criatividade, para criação da área de lazer com material sustentável”, contou a professora, que escolheu os palletes de madeira como material a ser utilizado na atividade.

Na disciplina, que conta com 40 alunos inscritos, foram criados sofás com a reutilização de colchões como almofadas e suportes para plantas. “Busquei despertar nos alunos a importância da sustentabilidade, dos 5 Rs (Repensar, Recusar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar), sempre orientando e supervisionando quanto à segurança, a logística, o planejamento, a organização, a divisão de função e o trabalho em grupo, onde cada aluno tinha sua responsabilidade, preparando esse aluno para a vida com outro olhar em relação ao meio ambiente”, explicou Roseane de Lima Silva.

Segundo a professora, com a reutilização dos materiais os estudantes descobriram que têm o poder de transformar o que iria para o lixo em objetos úteis no seu dia a dia. “Dessa forma ensinamos esse aluno a preservar o meio ambiente e também a se tornar um jovem empreendedor”, completou a professora Roseane.

Escola Cidadã Integral – Trata-se de um novo modelo de escola pública implantado na Paraíba, com a proposta de organização e funcionamento em tempo único (integral). É uma política pública e está inserida no Plano Nacional de Educação e também no Plano Estadual de Educação. Tem como foco a formação dos jovens por meio de um desenho curricular diferenciado e com metodologias específicas, que apresentam aos estudantes do Ensino Médio possibilidades de se sentirem integrantes do seu projeto de vida.

O período letivo tem a duração diária de 9 horas e 30 minutos, com refeições incluídas (almoço e lanche). Nesse espaço de tempo, além das disciplinas obrigatórias, os estudantes poderão escolher matérias para enriquecer o currículo, como música, teatro, cinema, empreendedorismo e fotografia. Também será possível ingressar em clubes juvenis, como o jornalzinho da escola, a rádio da escola, entre outros.

Em 2018 as Escolas Cidadãs Integrais passam por uma expansão, indo de 33 para 100 escolas em funcionamento nessa modalidade de ensino na Rede Estadual da Paraíba, com a oferta de 35 mil vagas para alunos envolvendo 2.800 educadores em 25 municípios da Paraíba.

Os números refletem o investimento realizado pelo Governo do Estado no Ensino Médio e na Educação Profissional. O Ensino Médio na Paraíba é ofertado nos 223 municípios em 391 escolas, destas, 132 funcionam em tempo integral, atendendo a 1.048 alunos.

http://paraiba.pb.gov.br/alunos-de-escola-cidada-integral-de-joao-pessoa-desenvolvem-projeto-de-producao-de-moveis-sustentaveis/

Tags: Paraíba PB Use & abuse